© 2013 Paulo Stekel – todos os direitos reservados - all rights reserved


quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Jovem Coração – homenagem a Santa Maria (Stekel)

Santa Maria é minha cidade natal. Sonhei com um incêndio por lá na noite de 28 de janeiro e, ao ligar a TV, vi o que estava ocorrendo. Saí de lá em 2002, mas tenho parentes morando na região. Fiquei orando e fazendo mantras pelas vítimas e pela superação dos familiares desde então. Decidi não participar de nenhum evento oficial por 30 dias, fixando-me em práticas de mantras de purificação e encaminhamento, e dedicando tudo ao benefício de todos os seres.

Na segunda-feira, dia 29, estava iniciando uma sessão de gravação para um CD e, sem conseguir ir adiante, comecei a canalizar uma melodia que senti que era de homenagem às vítimas da tragédia e uma esperança para os sobreviventes. A letra foi canalizada em seguida.

Inicialmente, fiquei pensando: “Será adequado gravar uma homenagem em música?” Por que, não? Muitas homenagens já estão sendo feitas, em textos, poemas, caminhadas, protestos, vigílias... Sou santamariense e, em 13 de novembro de 2012 perdi meu irmão mais próximo e querido num incêndio exatamente em Santa Maria. Ele teve cerca de 70% de queimaduras pelo corpo, ficou em coma induzido por 6 dias e faleceu nas piores condições que se pode imaginar. Eu e meus pais encomendamos o corpo. E, eu pratiquei os mantras para os mortos pelos 49 dias que se seguiram à sua morte. Então, ao fazer o single em questão, pensei não apenas nas mais de 200 vítimas da Boate Kiss e nos sobreviventes, mas também em meu irmão.



Esta música está liberada para todos e deve servir para reforçarmos nossa esperança no futuro, no poder do bem que se faz aos outros e na necessidade de mantermos nossa fé na vida e na luz que vem do transcendente, seja ele, conforme a religião de cada um, entendido como Deus, Mente Búdica, Olorum, Mente Cósmica ou o que o valha.


Jovem Coração

Corações tão jovens
Ultrapassando limites
Mas, quem não ousa?
Quem não ousa, não vive... não vive pra ver...

...O amor surgir, então
Na vida tenra e intensa
Ceifada cedo, mas contínua
Na luz... na luz... na luz...

Não importa como foi
Quem ama sabe onde estão... agora... no coração... no coração....

Se o amor é eterno,
Também eterno é o jovem coração
Que doou sua vida pelo irmão que ficou...
(Pra viver por todos...)

[Se isto for compartilhado por você por quaisquer meios, dedique o mérito de qualquer benefício advindo de seu ato compassivo de desejar o bem para os envolvidos – vivos ou mortos – para o benefício de todos os seres sencientes.]


English

“Jovem Coração” (Young Heart) - tribute to Santa Maria (Stekel)

Santa Maria is my hometown. I dreamed of a fire there on the night of January 28 and turning on the TV, I saw what was happening. I left the city in 2002, but I have relatives living in the region. I was praying and doing mantras for the victims and the overcoming of the families ever since. I decided not to participate in any official event for 30 days, settling me in practice of purification and referral mantras, and dedicating all to the benefit of all beings.

On Monday, 29th, I was initiating a recording session for a new album and, unable to go any further, I began to channel a melody that I felt it was a tribute to the victims of the tragedy and hope for the survivors. The lyrics was then channeled.

Initially, I wondered: "Is it appropriate to write a tribute in music?" Why not? Many tributes are already being made in texts, poems, walks, protests, vigils ... I'm from Santa Maria, and in November 13, 2012 I lost my nearest and dearest brother in a fire exactly in Santa Maria. He had about 70% of the body burned, he was in an induced coma for six days and died in the worst imaginable conditions. Me and my parents had routed the body. And I practiced the mantras for the dead by the 49 days that followed his death. So, to make the single in question, I thought not only in more than 200 victims and survivors in Kiss Nightclub, but also in my brother.

This song is released to everyone and should serve to reinforce our hope in the future, in the power of goodness that is done to others and in the need to keep our faith in life and in the light that comes from the transcendent, be it as the religion of each one, understood as God, Buddha Mind, Olorun, Cosmic Mind or whatever sort.


[Translation] Young Heart

Hearts so young
Transcending boundaries
But who dares not?
Who dares not, do not live ... not live to see ...

Love ... arise, then
In early and intense life
Mown early, but continuous
In the light ... in the light ... in the light ...

No matter how it was
Who loves knows where they are now ... in the heart ... in the heart ....

If love is eternal,
Also is eternal the young heart
Who gave his life for the brother who stayed …
(To live for all...)

[If that is shared by you by any means, dedicate the merit of any benefit arising from his compassionate act of wishing good for those involved - dead or alive - for the benefit of all sentient beings.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário